fbpx

A abordagem Articulação por Articulação

No treinamento em geral, mas principalmente no treinamento funcional está em evidência a algum tempo a abordagem Articulação por Articulação (Joint by Joint Approach to Training). Então vamos dedicar os próximos posts a essa abordagem.

Origem: Nasceu em uma “conversa de bar” entre o fisioterapeuta norteamericano Gray Cook (o pai do já consagrado FMS – Functional Movement Screen) e seu compatriota Mike Boyle. Ao discutirem os achados do FMS (mais sobre ele um pouco adiante neste artigo), Gray elaborou uma ideia que acabou rendendo o artigo (um clássico) escrito por Mike:
“A Joint by Joint Approach to Training”

Conceito (básico): O corpo pode ser descrito como uma pilha de articulações, com cada uma delas tendo uma função predominante de mobilidade ou de estabilidade. Sendo assim, cada uma dessas articulações tem uma necessidade específica no treino e cada uma delas tem níveis previsíveis de disfunção.
O corpo alterna segmentos que necessitam de mais mobilidade com segmentos que necessitam de mais estabilidade:

Pé: Estabilidade
Tornozelo: Mobilidade
Joelho: Estabilidade
Quadril: Mobilidade
Lombar: estabilidade
Torácica: Mobilidade
Escápula: Estabilidade
Glenoumeral: Mobilidade

Grande parte das lesões musculoesqueléticas tem relação com essas funções articulares, ou mais precisamente com as disfunções articulares (exceto traumas). Normalmente problemas em uma articulação se apresentam como dor na articulação acima ou abaixo.Nos próximos posts colocaremos os exercícios para estimular a função de cada articulação.

Tem alguma dúvida?

Fale com
a Dofit

Dúvidas? Pode enviar sua mensagem e nossa equipe responderá por e-mail ou Whatsapp.

© DoFit. 2022 - Todos os direitos reservados
Criado por deu lucro