fbpx

Clientes obesos: Você consegue entender suas reais necessidades?

Por Keller, Joy.

Você acha que os obesos são preguiçosos? Sem forca de vontade? Você fica frustrado quando eles não conseguem fazer oque você pede pra eles fazerem e ficam no meio do caminho? Se você acha que conhece clientes obesos, repense! Nós conversamos com clientes obesos e com profissionais que trabalham com eles para descobrir como eles se sentem, oque eles pensam da indústria do fitness e como podemos ajuda-los a se tornarem mais saudáveis e vibrantes.

Os profissionais do Fitness sabem disso?

“Profissionais podem saber o que sente uma pessoa que precisa perder entre 2 e 5 kg e como você deve fazer para perder este peso, mas poucos sabem a impotência vivenciada por quem tem mais de 25kg de sobrepeso” diz Lisa Williams de Lawrenceville, Georgia. “eu penso que e difícil para eles terem uma percepção do que se passa na mente de uma pessoa com sobrepeso que sempre os mantém derrotados, e com uma atitude negativa”.
Ela vê uma fundamental falta de conexão entre clientes e treinadores: “eu não acho que os profissionais tem a menor ideia”. “a maioria deles estão sempre com um corpo atlético e seus corpos são magros e fortes. Eles dedicam boa parte de seu tempo tentando alcançar o topo do seu condicionamento, alternando rotinas ou apenas regulando seu estilo de vida, que e oque uma pessoa com sobrepeso deveria fazer”. Bridge, que e personal trainer, acredita que os profissionais deveriam olhar para os corpos obesos como lesões por causa do grande numero de restrições causadas pelo excesso de gordura.
Pat Perreta, cujo perda de peso foi o que o motivou a seguir a carreira como personal trainer em New York, diz que a menos que o profissional tenha sofrido uma turbulência emocional por anos por causa da obesidade, a doença e difícil de entender. “O desafio não e o exercício, o desafio e desenvolver uma confiança, sem julgamento e estabelecer um rapport de compreensão” diz ele.
Manning diz que ser obeso e como “começar a escalada do pé da montanha”, ” você terá ganhos lentos com boa probabilidades de melhorar mas encontrara alguns contratempos”. “eu estava sempre no topo da montanha olhando pra baixo e assim fica muito mais fácil de falar, suba que você não esta longe e não e tão difícil” mas não e assim…

O componente do programa normalmente esquecido

Quando perguntados sobre seus maiores obstáculos para se adotar um estilo de vida mais saudável, muitas das pessoas entrevistadas não citam a falta de motivação ou tempo. Para muitos o aspecto emocional diante de uma condição de risco de vida e o maior desafio.
Susan Robertson de Lawrenceville, Giorgia, perdeu em torno de 60 kg, mas conseguiu com muito custo. ” A coisa mais difícil foi deixar de lado as guloseimas que me traziam satisfação e prazer” ela diz. “Eu comia minhas emoções e tornei-me insensível as dores da vida. Para perder o peso, eu tive que mudar a maneira como eu lidava com minhas emoções. Meu treinador dizia: não coma suas emoções, movimente suas emoções”.

Pense primeiro nas emoções

A coisa mais importante que os treinadores devem entender eh se a pessoa esta fora do peso ideal à vida inteira ou se ela ganhou peso depois de ter estado em forma, isto eh pensar primeiro nas emoções, diz Bridge. Os obesos têm sido esmagados. Talvez apenas uma vez, talvez repetidamente. Eles não conhecem seu mundo. Eles conhecem situações embaraçosas, ridículas, sabotagem e sofrimento. Eles não querem nunca mais sofrer. Mas os clientes que estão suavemente fora de forma irão conhecer o sofrimento novamente quando começarem a entrar em forma. Isto eh inevitável. Eles estão correndo do sofá para os cookies para fugir do sofrimento e se tornaram especialistas em disfarçar e esconder. Se você pegar pesado demais, rápido demais sem nenhuma motivação eles também irão fugir de você e desistir de ter uma vida saudável novamente.
Emoções devem ter a maior atenção em um planejamento para clientes obesos, as emoções não podem ser ignoradas. Caso os clientes estejam em depressão ou algum problema de autoestima, sugira um trabalho em paralelo com um psicólogo, assim será mais fácil obter melhores resultados.
Celeste Reeves, personal trainer, sugere que os profissionais que trabalham com clientes obesos deveriam fazer uma certificação em Coaching lifestyle. “Eu penso que qualquer pessoa que queira trabalhar com clientes obesos devem fazer um curso de wellness ou lifestyle coaching. Isto lhe ajudara a ouvir melhor. Você não deve falar para seus clientes o que você quer que eles façam, você deve perguntar a eles estão dispostos a fazer e ai criar um plano acerca disso. Se eles não estão dispostos, eles não realizaram as atividades.

Fonte: www.ideafit.com acesso em 24/09/2014

Tem alguma dúvida?

Fale com
a Dofit

Dúvidas? Pode enviar sua mensagem e nossa equipe responderá por e-mail ou Whatsapp.

© DoFit. 2022 - Todos os direitos reservados
Criado por deu lucro